Blefarite e Meibomite

Blefarite

O que é Blefarite e Meibomite Seborreica?

Blefarite é uma inflamação da pálpebra causada por uma disfunção das glândulas seborreicas (glândulas de meibomius).

Esta disfunção altera a composição normal da lágrima causando olho seco e inflamação crônica da superfície ocular. Isto favorece a proliferação das bactérias que fazem parte da flora normal do olho. Localizadas nos bordos palpebrais.

Quais são os sintomas que ela causa?

A Blefarite/Meibomite causa irritação do bordo palpebral levando a prurido, hiperemia, secreção endurecida (gordura) na raiz dos cílios. O paciente também apresenta sintomas de olho seco, como ardor, hiperemia conjuntival até lacrimejamento reflexo. Nos casos mais avançados pode causar queda excessiva dos cílios, entupimento das glândulas levando á Terçóis/Hordéolos de repetição e até vascularização córnea.

A Blefarite/Meibomite é contagiosa?

Por se tratar de uma disfunção ou mal funcionamento da produção de gorduras das glândulas palpebrais, não é contagioso.

Eu tenho risco de desenvolver a Blefarite?

A Blefarite é uma doença bastante comum e qualquer pessoa pode desenvolver. Os pacientes que apresentam Rosácea, Dermatite Seborreica estão mais propensos á doença.

A Blefarite tem cura?

Por se tratar de uma doença crônica e disfuncional, ela te controle. Esse controle vai depender da aderência e persistência ao tratamento.

Qual o tratamento?

O tratamento consiste em:

  1. Higienizar bordos palpebrais diariamente com shampoo neutro ou produtos específicos prescritos pelo oftalmologista. Esta parte do tratamento é de extrema importância para a retirada do excesso da gordura palpebral que é a causa dos sintomas.
  2. Lubrificação dos olhos com colírios de preferência sem conservantes para controlar o olho seco associado.
  3. Pomadas de antibióticos/corticoides podem ser necessárias em alguns casos, para diminuir a inflamação local.
  4. Óleo de linhaça pode ser associado na forma de comprimidos para auxiliar na diminuição da produção da gordura das glândulas.
  5. Antibióticos orais podem ser necessários nos casos mais graves e de difícil controle.

Solicitar um Agendamento

Ligue para (11) 2306–6320 / 3283–0732 ou envie seu nome e e-mail para solicitar um agendamento de consulta. Entraremos em contato!