Mitos e Verdades sobre Blefarite

Mitos e Verdades sobre Blefarite

Mitos e Verdades sobre Blefarite

A Blefarite é uma doença que apesar do nome bastante incomum no dia a dia é bem frequente na rotina do consultório oftalmológico.

Algumas vezes é confundida com terçol ou conjuntivite. Os pacientes que apresentam essa doença muitas vezes apresentam várias dúvidas a respeito dela.

Então a blefarite é uma doença contagiosa?

Mito: a blefarite é uma doença inflamatória não contagiosa, ou seja, o paciente não transmite para outras pessoas.

Existem vários tipos de blefarite?

Verdade: a blefarite pode ser: seborreica, infecciosa ou até mesmo alérgica.

Os sintomas são parecidos com conjuntivite?

Verdade: o paciente pode apresentar coceira, vermelhidão, lacrimejamento, inchaço. Daí a importância em procurar um oftalmologista mediante esses sintomas.

Podemos usar tratamentos caseiros?

Mito: soluções caseiras podem agravar o processo. Normalmente somente compressas frias ou quentes dependendo do estágio da doença podem amenizar os sintomas. Mas é muito importante a orientação do oftalmologista.

A blefarite ocorre mais em pessoas de pele seca?

Mito: a blefarite ocorre em pacientes com maior tendência a oleosidade em geral o organismo produz mais gordura nas glândulas palpebrais e isso gera irritação, inflamação e obstrução (terçol de repetição).

Se você apresenta esses sintomas acima, consulte um especialista.

Para agendar consultas ligue 11. 2306-6320.

Ou Clique aqui e agende sua consulta.

Fale conosco